Moradores de Bauru se revoltam com logomarca da Havan - Primeiro, moradores de Bauru (a 329 km de São Paulo) "sumiram" com o Bauruzinho, um sanduíche gigante feito de fibra de vidro instalado no maior parque da cidade. Agora, uma estátua da Liberdade corre risco de desaparecer da paisagem local. Trata-se, claro, de uma réplica. É verde, brilha, tem 35 metros de altura (a original tem 93 m) e pode ser vista da rodovia Marechal Rondon. Recentemente, foi alvo de um abaixo-assinado pela sua retirada. Os críticos dizem que ela pode ser confundida como um novo símbolo da cidade. O monumento foi instalado pela Havan, recém-chegada loja de departamentos que utiliza a estátua como logomarca em frente às suas unidades em várias cidades. O abaixo-assinado contra a presença da estátua teve cerca de mil assinaturas. A prefeitura aprovou o projeto de instalação da loja, incluindo a logomarca da estátua. Em 2008, quatro universitários foram presos depois de carregar para casa o Bauruzinho, um sanduíche de fibra de vidro com cerca de três metros, que também havia desagradado aos moradores. (...) FOLHAUOL