Estudantes de Florianópolis lideram consumo de drogas ilícitas - Uma ameaça silenciosa ronda o 9º ano do ensino fundamental de escolas das capitais da região Sul. Os jovens de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul são os que mais experimentaram drogas lícitas e ilícitas, segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Ministério da Saúde. Em Florianópolis, 17,5% dos jovens dessa fase escolar já usaram maconha ou crack. A Pesquisa Nacional em Saúde do Escolar (PeNSE) apontou que a região Sul lidera o ranking de estudantes que usaram drogas ilícitas, com índice de 8,8%. Na Capital Catarinense, entre os usuários declarados, 10% tinham usado maconha até 30 dias antes da pesquisa e 6,9% tinham usado crack no último mês. Entre estudantes que já consumiram tabaco ou bebida alcoólica, o topo também é do Sul. Em Florianópolis, 78,8% dos alunos do 9º ano relataram ter consumido álcool ao menos uma vez na vida. Os entrevistados têm entre 13 e 15 anos. (...) DIÁRIO CATARINENSE