a Destaques a

Argentina e Uruguai exigem tratamento melhor aos turistas em Santa Catarina

A chegada de turistas estrangeiros deve crescer 30% nesta temporada, de acordo com a Santur. Para preparar Santa Catarina, o governo estadual irá investir R$ 26 milhões na Operação Veraneio 2013/2014, R$ 4 milhões a mais do que no ano passado. Ontem, o secretário de Estado de Segurança Pública, César Augusto Grubba, apresentou o plano para o período aos cônsules da Argentina, Uruguai, Costa Rica e Itália. Na reunião, houve cobrança por uma comunicação mais efetiva entre a polícia e os consulados.
Argentina e Uruguai foram críticos quanto a relação entre os consulados e os órgãos da segurança pública catarinense. O cônsul argentino Emilio Neffa relembrou o caso recente do argentino que tentou cometer suicídio na ponte Hercílio Luz e foi encontrado morto dois dias depois da Beira-mar Norte. Segundo o cônsul quando acontece algo relacionado a um argentino, o consulado não é avisado.
Grubba afirma que o atendimento aos estrangeiros pode ser melhorado, mas pondera que alguns casos são pontuais, como o citado pelo cônsul. De acordo com ele, serão incluídas lições de orientação para o tratamento dos estrangeiros nos cursos de formação das polícias militar e civil. Ainda segundo o secretário serão deslocando policiais com fluência em espanhol, inglês e outra línguas para o atendimento no litoral na rua, nos postos móveis da Polícia Militar e nas delegacias de atendimento ao turista da Polícia Civil.
A chegada de um número maior de visitantes é confirmada com a programação de voos fretados. Segundo a Infraero, há 714 pousos de voos charters previsto no Aeroporto Internacional Hercílio Luz, vindos principalmente da Argentina.
O lançamento da Operação Veraneio 2013/2014 está marcado para o dia 11 de dezembro. Para se preparar para a chegada dos visitantes, a Secretaria de Segurança informa que haverá crescimento do efetivo envolvido, tanto das polícias militar e civil. Serão mais de 8 mil profissionais destacados para a operação. Além disso, houve um aumento de 12 dias no calendário geral da Operação Veraneiro neste ano – o Carnaval será o último grande evento do período. Novas embarcações e quadriciclos de praia para o Corpo de Bombeiros serão entregues em janeiro. Um investimento de R$ 260 milhões foi usado na renovação da frota das polícias e do Instituto Geral de Perícias (IGP).

DIÁRIO CATARINENSE


banner

Copyright © 2007 Todos os Direitos Reservados - Fazendo Site