a Bombinhas em Foco ( 14/12/2017 ) a

Temporada de cruzeiros teve 121 mil passageiros em Porto Belo

Os últimos 2,7 mil turistas da temporada de cruzeiros 2011/2012 desembarcaram hoje (12) de manhã no Píer Turístico de Porto Belo, no Litoral Norte. O total de visitantes do período atingiu a marca de 121.326 passageiros, com escalas de 52 transatlânticos e mais de 40 mil tripulantes. O melhor desempenho da história do turismo de cruzeiros em Santa Catarina.

A temporada foi também a mais longa, segundo informou a Fundação de Turismo de Porto Belo. Começou em novembro, de forma inédita no Estado e durou cinco meses. “O desempenho foi proporcionado pelo novo Píer, que agradou não só os turistas, mas as companhias de cruzeiros. Associamos belezas naturais e estrutura”, avaliou o presidente da entidade, Marcos Vianna Guimarães.

Inaugurado no ano passado, o Píer Turístico foi divulgado em feiras de turismo internacional, o que ajudou a atrair operadoras como a Royal Caribbean International, MSC e Costa Cruzeiros. “Com a confiança das operadoras na nova estrutura, elas mandaram navios maiores e o turismo de cruzeiros teve grande impacto econômico não somente em Porto Belo, mas em toda a região”, explicou o dirigente.

Além de Porto Belo, Bombinhas, Balneário Camboriú e Itapema foram as cidades que mais receberam visitantes provenientes dos navios. Pacotes fechados pelas operadoras, ainda tímidos, mas considerados de futuro, também levaram grande número de visitantes para Nova Trento, no Santuário de Santa Paulina, Blumenau e Brusque para um mini roteiro no Vale Europeu e Penha para o Parque Beto Carreiro World.

Um novo salto no número de visitantes está sendo previsto para a próxima temporada, que começa também em novembro e ainda não tem data certa para acabar, já que nem todas as operadoras definiram seu quadro de cruzeiros. A Costa Cruzeiros se adiantou e marcou para Porto Belo, sozinha, 39 escalas – nove a mais que as previstas para a cidade de Búzios, no litoral do Rio de Janeiro, cidade bem mais conhecida que a catarinense. “O nosso crescimento não tem limite. Tudo vai depender dos investimentos que queremos realizar, da oferta de recursos e da conquista do alfandegamento das embarcações”, complementou o presidente da Fundação.

Em pleno mês de abril, no fechamento da temporada iniciada no verão passado, já estão garantidas 58 paradas na cidade, com previsão de 146 mil visitantes. “E ainda há muitas datas livres”, continua a assessora de turismo da fundação, Josiane Mendes Bezerra, responsável pela agenda. Se tudo der certo e o alfandegamento for confirmado para novembro, as escalas podem ultrapassar a casa de 70, com o número de passageiros beirando os 170 mil.

Atualmente, a vistoria de alfândega de navios estrangeiros é feita em Imbituba e toma quase um dia de navegação das companhias. Obriga o fechamento de cassinos e lojas, causando prejuízos econômicos e frustrando os passageiros. A Fundação de Turismo aposta na atração de novas escalas, principalmente internacionais, a partir da mudança.



Fonte: Notícias do Dia (Tijucas-SC)

 

 

 

 

 

 

banner

Copyright © 2007 Todos os Direitos Reservados - Fazendo Site