a Bombinhas em Foco ( 25/06/2017 ) a

Bombinhas vai ao Ministério Público contra a Casan

O setor empresarial de Bombinhas pediu essa semana a intervenção do Ministério Público para a melhoria e promoção de investimentos no sistema de abastecimento de água e esgoto do município, que é gerenciado pela Casan (Companhia de Água e Saneamento do Estado). Segundo representação entregue à Promotoria de Justiça, em Porto Belo, apenas 10% da cidade tem coleta de esgoto e o verão está terminando com os mesmos problemas de falta d’água vividos em anos anteriores.

O presidente da Aemb (Associação Empresarial de Bombinhas), Francisco Maciel, disse que apesar dos insistentes apelos, das diversas reuniões com representantes da empresa e das promessas de liberação de verbas para melhorias do sistema, nada efetivamente saiu do papel até agora. A representação junto ao Ministério Público é o primeiro passo para acionar a empresa judicialmente, visando o cumprimento do contrato de concessão, assinado em 1994, com validade de 30 anos.

“Não somos contra a Casan. Mas concessão boa é aquela que funciona e o que nós queremos é solução para os problemas de Bombinhas. Outros municípios da região romperam com a companhia e estão com seus sistemas de saneamento bem adiantados, enquanto nós seguimos esperando o cumprimento de promessas”, complementa.

Casan garante investimentos em água e esgoto

A Casan afirma que investiu em 2009 o montante de R$ 709.746,24 na implantação do primeiro trecho de uma adutora de 300 milímetros com objetivo de aumentar a vazão de água para o município de Bombinhas. Também foi investido, segundo a empresa, em dezembro de 2011, na instalação de uma Estação de Tratamento de Água (ETA) Compacta para garantir o abastecimento da região de Bombas durante o verão.

Ainda conforme a empresa, estas duas obras, somadas ao fato de que a Prefeitura de Porto Belo cumpriu o contrato de fornecimento de água, permitiram que a temporada 2011/2012, transcorresse com abastecimento regular, comparando com anos anteriores.

Para melhorar o sistema a Casan garante que está em execução o segundo trecho da nova adutora, que concluirá a interligação entre a etapa já implantada e a ETA de Porto Belo -trecho entre a ETA de Porto Belo e o início da Avenida Governador Celso Ramos nas proximidades do semáforo de acesso a Praia de Perequê. Nesta segunda etapa serão investidos R$ 2.139.103,50

Quanto à implantação do Sistema de Esgotos Sanitários para o município de Bombinhas, a empresa informou que o projeto está incluido no pacote de obras viabilizado através do contrato de financiamento com o Banco Japonês - JICA. Esta semana foi assinada a contratação da consultoria que vai atualizar o projeto existente. A previsão é de que as obras iniciem no mês de dezembro. O investimento será de R$ 22 milhões.



Fonte: NOTICIAS DO DIA (Florianópolis-SC)

 

 

 

 

 

 

banner

Copyright © 2007 Todos os Direitos Reservados - Fazendo Site