a Bombinhas em Foco ( 26/09/2017 ) a

Bombinhas participa da Conferência de Segurança Alimentar

A Prefeitura Municipal de Bombinhas, através da Secretaria de Assistência Social, participou da IV Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional de Santa Catarina - CESAN, realizada em Florianópolis na última semana, cujo lema é "Alimentação Adequada e Saudável: direito de todos". Representando a cidade, a a Vice-presidente do Conselho Municipal de Alimentação Escolar, Sra. Edem Beiriz, participou como delegada eleita - não governamental do evento.

A Conferência teve como objetivo construir compromissos para efetivar o direito humano à alimentação adequada e saudável, previsto no artigo 6° da Constituição Federal, e promover a soberania alimentar por meio da implementação da Política e do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan) nas esferas de governo e com a participação da sociedade.
A Conferência reuniu mais de 4.130 pessoas, representando entidades não governamentais e governamentais de 244 municípios de Santa Catarina. Foram convocados todos os delegados eleitos nas Conferências Regionais realizadas em todo o Estado.

O evento contou também com a participação do Governador Raimundo Colombo, que assinou o encaminhamento à Assembleia Legislativa do projeto de lei que institui a Lei Orgânica de Segurança Alimentar e Nutricional do Estado de Santa Catarina, que dispõe sobre o Sistema Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan/SC). O projeto busca garantir o acesso dos cidadãos catarinenses de forma regular e permanente a alimentos de qualidade e em quantidade suficiente, sem comprometer outras necessidades essenciais.

As discussões realizadas na Conferencia foram relacionadas aos seguintes eixos: avanços, ameaças e perspectivas para a efetivação do direito humano à alimentação adequada e saudável e a soberania alimentar, plano estadual de segurança alimentar e nutricional e sistema e política estadual de segurança alimentar e nutricional. Foram debatidos temas como as vantagens da produção agroecológica e, entre elas, a variedade e diversidade dos alimentos, o cultivo de espécies, além da integração e preservação da natureza e a liberação dos transgênicos que além de comprometer a saúde, compromete a autonomia dos agricultores. Também foram discutidos assuntos como a regulamentação da publicidade de alimentos, a vigilância sanitária e os sistemas de inspeção na agregação de valor aos produtos da agricultura familiar, além da transição nutricional onde, ao mesmo tempo que se reduz o índice de desnutrição, aumenta o número de pessoas obesas ou com sobrepeso no estado e no país.

A IV Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, em seu relatório final solicitou ao Governo Federal que determine aos estados e municípios a implantação e implementação dos Conselhos Estaduais e Municipais de Segurança Alimentar e Nutricional - CONSEA em todos os municípios brasileiros.



Fonte: JORNAL O ATLÂNTICO (Itapema - SC)

 

 

 

 

 

 

banner

Copyright © 2007 Todos os Direitos Reservados - Fazendo Site