a Bombinhas em Foco ( 18/11/2018 ) a

Não tinha ou tem?

No discurso de posse do prefeito Maneca do Quiosque (PP), de Bombinhas, o alcaide que tava desembarcando, Júlio Margarina (PSDB), alardeou, com toda a pompa, que não deixaria nenhuma dívida. E, que, no caixa da prefa da capital nacional do mergulho, iam ficar R$ 500 mil.
Ao contrário do que disse o ex-alcaide seboso, ficou uma dívida de R$ 7, 6 milhões para pagar à Advocacia Geral da União. Dívida essa que cresce toda vida com multas um dia sim e outro também. Ou seja, tanto Júlio quanto Maneca, não deram um pio. O burgomestre, até hoje, não prestou conta com a sociedade. Será que é pra proteger os “sem dívidas”?
Agora, como num passe de mágica, o prefeito de Bombinhas, mandou pra câmara projeto autorizando o executivo a honrar dívidas do ex-prefeito Margarina com a Casan, Celesc e Brasil Telecom, de junho a dezembro de 2008.



Fonte: DIÁRIO DO LITORAL (Litoral Catarinense)

 

 

 

 

 

 

banner

Copyright © 2007 Todos os Direitos Reservados - Fazendo Site