a Bombinhas em Foco ( 18/11/2018 ) a

Quatro baias são arrastadas no Canto Grande

Desta vez Bombinhas sofreu pacas com a chuvarada. Quatro casas da beira da praia foram arrastadas pela correnteza, no bairro Canto Grande. Duas das baias eram chicosas e tavam avaliadas em cerca de R$ 1 milhão. Um dos casarões destruídos tinha até quadra de tênis e ficava ao lado da casa de veraneio do vice-governador Leonel Pavan. “Essas casas foram construídas perto da foz de rios e a correnteza as arrastou pra faixa de areia”, explicou o tenente dos bombeiros, Eder Jaciel de Souza Oliveira. Como as residências eram usadas apenas no verão, não havia ninguém no local.

Outro ponto crítico foi o bairro Mariscal. A ponte de acesso à região foi arrastada pela correnteza e o único morro que dava acesso acabou bloqueado por uma montoeira de terra que deslizou da encosta. Os moradores ficaram isolados. A polícia militar botou o helicóptero águia pra verificar se havia feridos e qual foi o estrago provocado na praia. Após sobrevoar a área, os milicos não encontraram feridos e também não tinha necessidade de retirar ninguém de casa.

No bairro Zé Amândio, a situação também foi crítica. Quase 15 casas foram invadidas pela água. Moradores tiveram que deixar o conforto do lar no meio da madrugada e foram abrigados no ginásio de esportes da cidade.



Fonte: DIÁRIO DO LITORAL (Litoral Catarinense)

 

 

 

 

 

 

banner

Copyright © 2007 Todos os Direitos Reservados - Fazendo Site