a Bombinhas em Foco ( 16/11/2018 ) a

Polícia apura queda de bebê em Bombinhas

A Polícia Civil abriu inquérito para apurar a causa da queda de um bebê de um ano e três meses do segundo andar da Pousada Cantinho Vó Itala, na Praia da Conceição, em Bombinhas, no domingo à tarde. O menino teve politraumatismo e está internado em estado grave na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis.

De acordo com Mareci Angonese, responsável pela Delegacia de Bombinhas, os pais da criança não fizeram boletim de ocorrência. Ela registrou o caso com base nas informações repassadas pelo hospital e pelos bombeiros.

Ontem à tarde, a polícia fez um levantamento no apartamento da pousada de onde o bebê teria caído. A responsável pela delegacia também solicitou que técnicos do Instituto Geral de Perícias (IGP) de Florianópolis fossem ao hospital infantil para fazer exame de corpo de delito no bebê.

"Através da perícia vamos averiguar que tipo de lesões a criança teve. Tentei conversar com a família, mas ninguém quis falar por telefone. Eles se prontificaram a conversar comigo amanhã (hoje)", disse Mareci. "As investigações preliminares apontam que a queda foi acidental, mas só vamos ter certeza disso no decorrer das investigações", afirmou.

A família da criança é de Jaraguá do Sul e estava passando o fim de semana em Bombinhas, na pousada que seria de sua propriedade. Segundo relato da mãe para os bombeiros, o bebê estava brincando na varanda e caiu no jardim ao passar por um dos vãos do cercado de madeira. De acordo com a Polícia Civil, a criança caiu de uma altura de aproximadamente cinco metros.

Os bombeiros não socorreram a criança no local. Os pais colocaram o menino no carro e o levaram até o Batalhão da Polícia Militar (PM), cerca de dez quilômetros distante da Praia da Conceição. A polícia chamou os bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para prestar socorro. O bebê foi levado ao Hospital de Tijucas e transferido pelo helicóptero da PM para o Hospital Infantil Joana de Gusmão.

Ontem, duas mulheres estavam na pousada, mas não quiseram falar com a reportagem. Uma delas disse que os donos estavam viajando e que ninguém estava autorizado a falar sobre o assunto.



Fonte: A NOTÍCIA (Joinville – SC)

 

 

 

 

 

 

banner

Copyright © 2007 Todos os Direitos Reservados - Fazendo Site