a Bombinhas em Foco ( 18/11/2018 ) a

Dança das cadeiras

Maneca pula pra frente e deixa pessoal embolado logo atrás

Por conta desse enrosco, o jeito é correr atrás dos ainda indecisos



Mudou e embolou. Essas duas palavras servem pra explicar direitinho o que acontece nas eleições municipais em Bombinhas. Houve uma verdadeira dança das cadeiras e o micro-empresário Manoel Marcílio dos Santos (PP), o Maneca do Quiosque, sartou pra frente na bisbilhotagem realizada pelos sabichões do Instituto de Pesquisas Sociais, o IPS, da Univali. Maneca está com 24,17% da preferência do eleitorado.

A vice-prefeita Lourdes Matias (DEM) ocupa agora a segunda posição. E tá pertinho do primeiro colocado. Lourdes tem 20,74% da intenção dos votos.

Pra quem acha que a eleição das Bombinhas vai polarizar tá enganado. Logo atrás estão os vereadores Ana Paula da Silva (PDT), a Paulinha, e Alexandre João Melo (PSC). Paulinha está com 17,81%. Alexandre, com 16,67%.

Na última posição e bem longin, está o empresário Luiz Eduardo Teixeira (PR), o Luiz Hilário. Ele aparece na pesquisa com 5,87%.

A importância dos indecisos

Pra encurtar a conversa: em Bombinhas tá um enrosco só. Por isso é que serão os indecisos quem decidirão essa eleição. Pelo menos essa é a avaliação dos cientistas políticos da Univali. São 11,45% dos eleitores que ainda não fizeram sua opção de voto a prefeito e, como os candidatos estão embolados na corrida eleitoral, os indecisos podem fazer a diferença.

Pra dar uma colher de chá pros candidatos, o DIARINHO mostra quem são esses eleitores que estão em cima do muro e onde eles estão. Daí, é só botar gasolina no carro, afiar a lábia e ir bater de porta em porta através do voto.

Listão dos vereadores

A pesquisa promovida pelo IPS da Univali também apresenta um listão com os candidatos à vereança de Bombinhas mais lembrados pelos eleitores.

Todos os dados foram apurados no dia 29 de agosto, uma sexta-feira. Os pesquisadores ouviram 770 pessoas. A cidade tem 9.391 eleitores cadastrados pelo Tribunal Regional Eleitoral, o TRE.




Fonte: DIÁRIO DO LITORAL (Litoral Catarinense)

 

 

 

 

 

 

banner

Copyright © 2007 Todos os Direitos Reservados - Fazendo Site